Chá x Saúde: quais são os diferentes tipos, 5 cuidados com o preparo, 6 benefícios e 10 chás e suas indicações para a saúde

drew-jemmett-qEcWgrTG578-unsplash

O chá pode ser uma poderosa fonte de nutrientes e um importante aliado para a saúde e prevenção de doenças. Eles ajudam a aumentar a imunidade e manter o corpo ativo. 

Os chás costumam ganhar adeptos nos períodos de frio, mas também podem ser consumidos gelados em outras épocas do ano. 

Pensando no seu bem-estar e qualidade de vida listamos os 10 chás mais populares e que são benéficos à saúde.

O que é chá?

O chá é uma bebida preparada através da infusão de folhas, flores e raízes de planta, geralmente preparada com água quente.

Cada variedade adquire um sabor definido, de acordo com o processamento utilizado, que pode incluir oxidação, fermentação e a mistura com outras ervas, especiarias e frutos. 

O chá puro não tem calorias e é uma boa forma de aumentar a ingestão de líquido.

Além disso, o chá, na sua grande maioria, é rico em minerais e antioxidantes naturais.

Para que servem os chás?

O chá é uma bebida que traz inúmeros benefícios para a saúde porque contém água e ervas com propriedades medicinais que ajudam a prevenir e a tratar diversas doenças.

Os chás podem ter propriedades calmantes, estimulantes, diuréticas ou expectorantes.

Eles contêm polifenois que melhoram os níveis de concentração e energia, previnem e tratam a ateroesclerose, o diabetes e diminuem o risco de doenças cardiovasculares. 

Além disso, inibem o desenvolvimento de células cancerígenas, impedem o fornecimento de sangue ao tumor e incentivam a destruição das próprias células doentes. 

Eles também auxiliam na redução dos níveis de colesterol LDL, pois melhoram o metabolismo lipídico e têm um efeito antibacteriano, eliminando toxinas e combatendo a retenção de líquidos.

Qual a quantidade de chá recomendada por dia?

Na verdade, não há uma quantidade específica, mas se ele for consumido em exagero pode causar problemas no sistema gastrointestinal, dores de estômago, desconforto abdominal ou diarreia, dependendo das suas propriedades. 

O indicado pelos médicos é não ultrapassar de 3 a 4 xícaras por dia.

6 benefícios dos chás

A seguir listamos para você os principais benefícios dos chás de um forma geral, independentemente da erva, planta, raiz ou especiaria utilizada.

São ricos em antioxidantes

Os antioxidantes são moléculas que protegem as células saudáveis dos danos que os radicais livres podem causar, como doenças degenerativas (Parkinson e Alzheimer, por exemplo), câncer e envelhecimento precoce.

Contribuem para a saúde mental

O consumo de chá promove o relaxamento do corpo e da mente. 

Nesse sentido, pessoas que sofrem de depressão e ansiedade podem se beneficiar do consumo de chá para uma melhora no equilíbrio mental.

Ajudam a regular o sono

Tomar uma xícara de chá com propriedades calmantes à noite contribui para uma boa noite de sono. 

Se o hábito persiste por um longo período pode ajudar para regular o sono e melhorar a disposição para as atividades diárias.

Reduzem a ansiedade

Uma xícara de chá quente com ervas calmantes e com efeito sedativo promove a diminuição dos níveis de estresse e ansiedade, contribuindo para uma melhor qualidade de vida.

Promovem o emagrecimento

O consumo de chá aumenta a ingestão de líquido e dessa forma ajuda a purificar o organismo.

Além disso, alguns tipos de chás têm ação anti-inflamatória, diurética e termogênica auxiliando na queima de gordura e contribuindo para o emagrecimento. 

Auxiliam na recuperação muscular

Chás com características anti-inflamatórias e termogênicas auxiliam na imunidade do organismo e na recuperação muscular,  diminuindo o estresse oxidativo dos músculos.

5 cuidados no preparo dos chás

Se não for preparado corretamente, o chá pode ter os efeitos benéficos para o organismo reduzidos ou perdidos completamente. 

Além disso, se for consumido muitas horas após o seu preparo ou armazenado por muito na geladeira pode perder suas propriedades medicinais.

Fique atento a essas dicas:

  1. Após a infusão, deixe o chá repousar num recipiente de vidro ou porcelana, para que não haja vestígios de ferro ou alumínio que podem ser prejudiciais à saúde;
  2. Despeje a água quente sobre as folhas, flores ou o caule da planta de 3 a 10 minutos e mantenha o recipiente tampado para que não evapore;
  3. Se fizer chá de alguma raiz, ela deve estar totalmente dentro do recipiente durante a fervura para que suas propriedades sejam extraídas;
  4. Tome o chá logo após o seu preparo ou até 10 horas depois para que não perca o efeito desejado.
  5. Alguns chás podem ter contraindicações, pesquise antes de consumi-los e se informe com seu médico.

10 tipos de chás e suas indicações para a saúde

Camomila

O chá de camomila possui propriedades antiinflamatória e antiespasmódica, controlando a produção de ácidos no estômago e ajudando a combater náuseas, má digestão e gases.

Também é eficaz no combate a doenças, como gastrite e úlceras gástricas.

Além disso, o chá de camomila contém apigenina, um composto bioativo que possui propriedades relaxantes, sendo indicado para ajudar a diminuir o estresse e a ansiedade, e melhorar a qualidade do sono.

A camomila também alivia enjoos, cólicas menstruais e diminui a hiperatividade.

Chá branco

Um dos tipos de chás mais consumidos no mundo, o chá branco é rico em propriedades antioxidantes.

Ele ajuda a limpar as toxinas do organismo e retarda o envelhecimento.

Entre todos os chás é o que possui maior concentração de polifenóis o que neutraliza os radicais livres, responsável pelo envelhecimento celular.

A pele fica mais lisa, as unhas mais fortes e os cabelos mais volumosos e brilhantes.

Chá Verde

Dentre os chás existentes, o chá verde é o principal aliado quando se fala em dietas e emagrecimento. 

Ele contém ingredientes termogênicos que ajudam a acelerar o metabolismo e a propiciar a queima de gordura. 

Devido à ação das catequinas presentes nas suas propriedades, o chá verde também auxilia na prevenção do câncer de próstata, sendo um poderoso antioxidante.

Erva-mate

O chá feito da erva-mate diminui o risco de doenças cardiovasculares e contribui para a diminuição do colesterol LDL.

Além disso, a erva-mate têm efeito diurético que auxilia na eliminação de toxinas pelo organismo e ajuda a favorecer o emagrecimento. 

A erva-mate também é benéfica para diabéticos, pois suas propriedades contribuem para o controle dos níveis de glicose no sangue. 

Ela estimula a atividade física e mental e atua beneficamente sobre os nervos e músculos eliminando a fadiga.

Hibisco

O chá de hibisco acelera o gasto calórico por seu efeito termogênico. 

Além disso, ele contribui para a regulação da pressão arterial. Isso por causa das antocianinas, que possuem um efeito vasodilatador periférico.

Boldo

O chá de boldo é bastante conhecido por facilitar o trabalho da vesícula biliar, estimulando a secreção da bílis e favorecendo a digestão de gorduras.

Ele combate as dores estomacais, os males do fígado, a diarreia e odesconforto causado por gases intestinais.

Hortelã

A principal vantagem do chá de hortelã é promover uma boa digestão. 

Ele auxilia no combate ao inchaço e a flatulência e alivia as náuseas ou enjoos matinais.

Ademais, o mentol presente na planta contribui para preservar a memória e estimular a produção de dopamina, conhecido como um dos hormônios da felicidade

Gengibre

O chá feito com a raiz do gengibre possui propriedades anti-inflamatórias, que auxiliam na imunidade do organismo e recuperação muscular, além de ser anticoagulante e um excelente desintoxicante.

Seus nutrientes auxiliam na secreção da bile, feita pela vesícula biliar, facilitando a digestão de gorduras e evitando sobrecarga no fígado.

Ele ajuda a aumentar a imunidade e também na prevenção e combate de gripes e resfriados. 

Erva-doce

O chá de erva-doce tem ação expectorante, estimula a digestão e é diurético.

Ele também contribui para a formação dos ossos e dentes, favorece a coagulação do sangue, construção muscular e transmissão normal de impulsos nervosos.

Chá preto

O chá preto possui alto teor de cafeína, flavonoides, polifenóis, teofilina, taninos, l-teanina e vitaminas do complexo B. 

Ele previne tumores e o envelhecimento devido à presença de antioxidantes.

Ele também auxilia na regulação da pressão arterial.  

 

Chás possuem contra-indicação?

Sim, há pessoas com determinadas características de saúde que não devem consumir chás com propriedades que pioram seus sintomas.

Pacientes que possuem Síndrome do Intestino Irritável, por exemplo, devem evitar chás que estimulam o trânsito intestinal, como chá verde e o chá branco. 

Gestantes também devem ter um cuidado maior com os chás para evitar sangramento ou complicações durante a gravidez.

Agora que você já conhece os inúmeros benefícios dos chás para a saúde veja também outro poderoso aliado natural para a prevenção de doenças. Fitoterapia: respondemos as 13 principais dúvidas. 

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter