Categorias
plano de saúde

Exames de rotina homem: conheça os principais exames para fazer

Exames de rotina homem: conheça os principais exames para fazer

usman-yousaf-2H81ZTVo-C4-unsplash

Uma dúvida muito comum quando se fala em saúde é sobre quais são os exames de rotina homem.

Muito se fala em consultas periódicas ao ginecologista para as mulheres e, da mesma forma, é muito importante conhecer quais exames de rotina o homem deve fazer. 

Neste artigo nós vamos falar sobre a importância do check-up anual, a partir de que idade é importante começar a fazê-lo, quais são os principais exames recomendados e a cobertura do plano de saúde para eles. 

Exames de rotina homem: qual a importância de realizar?

Na maioria das vezes, os homens tendem a procurar o médico apenas em situações de emergência, quando estão com muita dor ou quando apresentam sintomas graves. 

Essa falta de cuidado com a saúde evidencia uma crescente consequência para os brasileiros: eles morrem mais cedo do que as mulheres e de doenças que poderiam ser prevenidas.

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), enquanto a expectativa de vida dos homens é de 71 anos, entre as mulheres a expectativa é de 78 anos.

As causas que mais matam os homens são as externas (acidentes de trânsito e violência), seguidas de doenças do aparelho circulatório, neoplasias e aparelho digestivo.

 Se diagnosticados no estágio inicial, essas doenças podem ser prevenidas ou controladas.

Portanto, um check-up anual é muito mais simples e eficaz do que tratar uma doença já instalada. 

O check-up médico consiste na realização de uma série de exames clínicos, laboratoriais e de imagem, com a finalidade de avaliar a saúde do paciente como um todo. Assim, pode diagnosticar doenças e condições preexistentes de forma precoce.

Quais doenças os exames de rotina homem ajudam a prevenir?

Os exames de rotina homem contribuem para prevenir uma série de doenças comuns da população masculina.

Dentre as principais, podemos citar o câncer de próstata, que preocupa grande parte dos homens. O diagnóstico precoce da doença pode salvar vidas, elevando as chances de cura para mais de 90%.

Ele só é possível por meio do exame de toque retal, associado ao exame PSA, que é realizado por coleta de sangue.

Os homens também possuem mais chances de desenvolver doenças cardiovasculares e o colesterol alto é um fator determinante. 

Por isso, é recomendado que eles avaliem seu nível de colesterol periodicamente, por meio de exame de sangue. 

Ecocardiograma, aferição da pressão arterial, testes ergométricos, eletrocardiograma, entre outros, que fazem parte do check-up cardiológico também devem ser incluídos na rotina do público masculino. 

É também por exame de sangue que se pode avaliar os níveis de glicemia para identificar o diabetes. A doença é silenciosa e grande parte dos diabéticos só descobrem que a possuem quando ela já se encontra em estágio avançado.

Quem deve fazer exames de rotina homem? 

Todos os homens a partir de 20 anos devem fazer exames de rotina e seguir orientação médica sobre a periodicidade necessária conforme seu histórico de saúde.

Uma dúvida recorrente é sobre se mulheres transexuais devem ou não ser submetidas aos mesmos exames de homens cisgêneros. Como elas fazem reposição hormonal, alguns exames masculinos, como o de próstata, por exemplo, não são necessários. 

Nesse sentido, o tratamento hormonal bloqueia a testosterona e a próstata para de crescer. Por essa razão, são raros os casos de câncer no local para este grupo. 

Contudo, independentemente da identidade de gênero do paciente, os exames físicos devem ser baseados nos órgãos presentes e nos sintomas apresentados. 

Quando começar a  fazer exames de rotina homem?

Durante a infância e a puberdade, a saúde masculina costuma demandar apenas o acompanhamento do pediatra para monitorar se o desenvolvimento está ocorrendo conforme o esperado. 

Posteriormente, com o início da vida sexual há a necessidade de acompanhar e rastrear possíveis doenças sexualmente transmissíveis.

Hemograma, glicemia, perfil lipídico e sorologias são os exames de rotina que se tornam relevantes para os homens a partir dos 20 anos de idade. 

Quando fazer exames de rotina homem?

A recomendação médica é que os homens façam check-ups a cada dois anos, a partir dos 30 anos.

É nessa idade que as primeiras alterações na saúde masculina costumam se manifestar, com destaque para o desequilíbrio nas taxas de colesterol e triglicerídeos.

Também é interessante avaliar a pressão arterial, o índice de massa corporal (IMC) e verificar a vacinação contra hepatite B. 

Em relação aos exames, normalmente são indicados:

  • glicemia de jejum, para casos com histórico familiar de diabetes ou obesidade;
  • perfil lipídico, com histórico familiar de obesidade ou dislipidemia;
  • Investigação de infecções sexualmente transmissíveis (IST), se houver risco, ou sorologia para sífilis, HIV e hepatites (B e C).

A partir dos 35 anos, se houver indicação clínica, os exames de rotina podem ser anuais ou até mais frequentes caso haja alguma condição de saúde que deva ter acompanhamento.

Quais são os principais exames de rotina homem?

Os principais exames de rotina que os homens devem fazer, de acordo com periodicidade indicada pelo médico, são:

Hemograma

Permite identificar anemias, infecções, problemas de coagulação e suspeitas de diversos tipos de câncer.

Glicemia em jejum

Serve para identificar quadros de diabetes e pré-diabetes.

Colesterol e triglicerídeos

Mostra eventuais riscos para o desenvolvimento de problemas cardiovasculares.

TGO e TGP (função hepática)

Permitem detectar problemas no fígado, incluindo hepatite, cirrose e câncer.

Creatinina e ureia (função renal)

Detectam problemas nos rins antes que outros sintomas se manifestem.

TSH E T4 LIVRE (tireoide)

Identifica possíveis na glândula tireoide como hipotireoidismo e hipertireoidismo.

Ácido Úrico

Verifica possíveis elevações nas dosagens de ácido úrico, que podem levar ao cálculo renal, ou doenças associadas a hipertensão arterial e problemas cardiovasculares.

Exames de urina

Analisa as células, bactérias e cristais que possam estar presentes na urina e causar doenças. 

Eletrocardiograma

Mede a atividade elétrica do coração e serve para diagnosticar a existência de problemas cardíacos.

Ecocardiograma

Avalia o tipo de fluxo sanguíneo dentro das câmaras cardíacas para verificar possíveis alterações e doenças cardiovasculares.

Sorologia para DSTs

Exames para hepatite B e C, citomegalovirose, sífilis e HIV.

Índice de Massa Corporal (IMC)

Ajuda a identificar e comprovar quadros de sobrepeso e obesidade, que são fatores de risco para diversas doenças que podem afetar a saúde do homem.

Alguns exames são muito importantes desde o início da vida adulta, outros variam conforme a faixa etária. 

Exames de rotina homem por idade

 

Até os 20 anos

Da infância até os 20 anos de idade, o médico que faz o acompanhamento da criança até a juventude deve avaliar a necessidade de realização de exames, conforme o seu desenvolvimento e histórico familiar.

Entre 35 e 40 anos

Anualmente, além da avaliação da pressão e do IMC, é recomendado fazer também hemograma completo, glicemia de jejum, perfil lipídico e exame de urina.

Entre 40 e 50 anos

Além dos exames citados anteriormente, é recomendável que os homens passem a incluir a avaliação de câncer de próstata. 

Para quem tem histórico familiar desse tipo de câncer, a recomendação é realizar o exame dígito-prostático e o teste do antígeno prostático específico (PSA).

Os cuidados com a saúde ocular e a prevenção a outros tipos de câncer também devem entrar no calendário anual de exames de rotina para homens.

Os níveis de testosterona também merecem atenção nesta faixa etária.

A partir de 50 anos

A partir dos 50 anos, os exames de rotina para homens são indispensáveis. Desta forma, a recomendação é realizar anualmente todos os exames listados anteriormente.

Também se deve incluir, a cada 10 anos, um exame de colonoscopia para rastreio de câncer de reto e intestino. 

A frequência dos exames vai depender da presença de problemas e da avaliação do médico, mas a indicação segue sendo de realizá-los ao menos uma vez ao ano. Porém, não é incomum que muitos homens tenham que visitar seus médicos a cada seis meses.

Quanto custa exames de rotina homem?

Os valores dos exames de rotina variam bastante, pois podem incluir desde exames mais simples, como hemograma e urina, até exames de imagem que são mais complexos e, portanto, mais caros.

Alguns laboratórios fornecem pacotes na faixa de R$ 100,00 para realizar os principais exames de sangue, que podem iniciar com valores a partir de R$ 10,00. 

Já os exames de imagem como ecocardiograma iniciam seus valores a partir de R$ 120,00 em média. 

O plano de saúde cobre exames de rotina homem?

Sim,  os principais exames de rotina masculinos fazem parte do rol de procedimentos ANS e, portanto, são cobertos pelos planos de saúde. Da mesma forma, as consultas também estão incluídas. 

No site ANS você pode consultar todos os exames e procedimentos que fazem parte do rol de forma simples e rápida. 

Alguns exames mais complexos e específicos necessitam de autorização da operadora.

Conheça os procedimentos do rol ANS que os planos de saúde devem cobrir.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *