Hormônios da Felicidade: o que são, como funcionam, qual o seu impacto e como produzi-los

big-dodzy-s9G0PgISdXY-unsplash

Os hormônios da felicidade são responsáveis por sensações positivas no corpo. 

O também conhecido como quarteto da felicidade é composto pelas seguintes substâncias: endorfina, serotonina, dopamina e oxitocina.

Eles são neurotransmissores produzidos no cérebro que têm efeitos em todo o corpo humano, trabalhando na comunicação entre as células nervosas.

O papel deles dentro do nosso organismo é muito importante. Além de produzir sensações, eles também afetam as funções físicas, como o sono, apetite, libido e frequência cardíaca, por exemplo. 

Nesse artigo você vai saber o que são os hormônios da felicidade, para que servem, qual a sua importância na qualidade de vida das pessoas e como estimulá-los para uma rotina mais satisfatória e feliz.

Quais são os hormônios da felicidade?

Endorfina: hormônio da felicidade

Dentre os hormônios da felicidade a endorfina é a que mais tem relação com a sensação que esse sentimento proporciona no organismo.

Ela funciona como um analgésico natural, anestesiando o corpo durante o sono, quando nos machucamos e quando praticamos atividade física

A endorfina é responsável pela sensação agradável que os atletas sentem após o treino ou a realização de uma prova.

Ser feliz estimula o sistema imunológico, diminui o estresse e combate o envelhecimento.

Serotonina: hormônio do prazer

A serotonina é considerada o hormônio do prazer e por essa razão está relacionada à libido e ao desejo sexual. 

Os picos de serotonina ocorrem em atividades prazerosas, como sexo ou comer algo que te gere a sensação de prazer.

Ela também pode ser liberada quando você se sente significativo ou importante.

Além disso, ela ajuda a regular o humor, as funções cognitivas, o apetite e a sensibilidade. 

Dopamina: hormônio do bem-estar

A dopamina é o hormônio relacionado à sensação de bem-estar e de prazer, relacionado ao ciclo de recompensa, como quando você tem um objetivo e o alcança. 

Ela também está relacionada, por exemplo, a quando você come um chocolate ou compra uma roupa nova, como uma forma de gratificação a si mesmo.

Oxitocina: hormônio do amor

A oxitocina é conhecida como o hormônio do abraço e do amor e está relacionada a comportamentos maternos, como na relação mãe-bebê. 

Ela é responsável pela manutenção e desenvolvimento das relações emocionais. Também está envolvida no mecanismo corporal do parto em mamíferos.

Receber e dar afeto, assim como presentes está relacionada à produção de oxitocina no organismo. 

Para que servem os hormônios da felicidade?

Os hormônios da felicidade são neurotransmissores que, em geral, contribuem para que nossa saúde seja plena e o corpo se mantenha em equilíbrio.

Produzidos no cérebro, eles intensificam e modulam reações corporais. 

Eles são divididos entre neurotransmissores excitatórios (que provocam uma ação) e inibitórios (que inibem a ação).

Contudo, quando algum deles está em falta, surgem sentimentos de solidão, desânimo, ansiedade, depressão e outros problemas relacionados à saúde mental.

Como estimular os hormônios da felicidade no corpo?

Há várias rotinas, hábitos e atividades que você pode desenvolver para estimular a produção dos hormônios da felicidade em seu organismo. 

Para facilitar o entendimento vamos separá-los conforme cada tipo. 

Endorfina

  • Faça exercícios físicos
  • Coma chocolate
  • Dance
  • Cante
  • Realize trabalhos em equipe

Serotonina

  • Pratique atividades ao ar livre
  • Tome sol
  • Procure desenvolver habilidades e atividades que te façam se sentir importante e autoconfiante

Dopamina

  • Estabeleça metas e objetivos
  • Planeje e execute suas atividades diárias 
  • Procure descobrir o que te beneficia e dá prazer como forma de recompensa, como se presentear com alguma coisa ou comer um chocolate

Oxicitocina

  • Dê abraços e beijos nas pessoas que você ama
  • Demonstre seu afeto
  • Presenteie as pessoas de quem você gosta

O que comer para aumentar a produção dos hormônios da felicidade?

Há determinados alimentos que quando consumidos com frequência têm efeito positivo na produção dos hormônios da felicidade.

Para aumentar a endorfina

  • Consuma alimentos picantes e ricos em capsaicina, como pimenta-malagueta, pimenta-dedo-de-moça, pimenta-caiena, jalapeño e chili.

Para aumentar a serotonina

  • Consuma alimentos como tomate, vinho tinto, banana, carnes magras, laticínios, lentilha, feijão, grão-de-bico, aveia, centeio, nozes, castanhas, abacate, frutas secas, brócolis, espinafre e chocolate amargo.  

Para aumentar a dopamina

  • Não há alimentos específicos que promovam a liberação de dopamina, mas o que a estimula é o consumo de alimentos que lhe tragam a sensação de recompensa. 

Para aumentar a oxitocina

  • Não há alimentos específicos que estimulem a liberação de oxitocina, mas o que contribui para o seu aumento é preparar ou fazer refeições com pessoas pelas quais você tem apreço.

12 dicas para aumentar o nível de felicidade em sua vida

  1. Tenho objetivos e metas para realizar na vida
  2. Realize o planejamento das atividades diárias que você precisa realizar para ajudá-lo a administrar melhor o seu tempo
  3. Mantenha o convívio social com amigos e familiares
  4. Tenha hobbies
  5. Realize atividades que trazem satisfação como ler um livro ou ir ao cinema
  6. Cuida da sua aparência e autoestima
  7. Procure formas de estar sempre desenvolvendo e aprimorando habilidades
  8. Estude temas e realize cursos que possam ajudá-lo a alcançar seus objetivos
  9. Tenha uma alimentação e hábitos saudáveis
  10. Pratique atividade física
  11. Desenvolva atividades ao ar livre
  12. Pratique meditação e atenção plena

Agora que você já sabe a importância de produzir os hormônios da felicidade no organismo, conheça um dos principais problemas que acometem as pessoas quando há baixa liberação dessas substâncias no corpo: Depressão o que é, causas e tratamento

 

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter