Menopausa: o que é, sintomas, causa, cuidados e curiosidades

jen-loong-fI2-Cnbt-RM-unsplash

A menopausa é uma fase muito importante da vida da mulher e que traz muitos desafios para os quais ela precisa estar atenta.

É nesse estágio em que os hormônios femininos (estrogênio e progesterona) já não são mais produzidos pelos ovários e ocorre a interrupção do ciclo menstrual. 

A menopausa ocorre, em geral, a partir dos 45 anos, mas pode iniciar antes dessa idade ou até depois disso.

Neste artigo nós vamos falar sobre o que é menopausa, quando ela ocorre, quais os sintomas, qual o tratamento e como passar por essa fase de forma mais tranquila e sem preocupações.

O que é menopausa?

A menopausa corresponde à última menstruação da vida de uma mulher, fase em que o organismo deixa de produzir os hormônios femininos, estrogênio e progesterona. 

Ela ocorre, em geral, entre os 48 e os 52 anos, e se caracteriza por uma diminuição das funções ovarianas, fazendo com que os ciclos menstruais se tornem irregulares, até cessarem por completo.

É nesse período em que a mulher para de ovular e não engravida mais. 

20 sintomas para identificar a menopausa

A menopausa é caracterizada por um período que pode apresentar diversos sintomas e pode prejudicar a qualidade de vida da mulher. 

São eles:

  1. Ondas de calor
  2. Sudorese noturna
  3. Coceira e secura vaginal, que podem levar à dor na relação sexual
  4. Redução da libido
  5. Diminuição do tamanho dos seios e perda de firmeza
  6. Insônia
  7. Mudanças de humor
  8. Ansiedade
  9. Irritabilidade
  10. Depressão
  11. Ganho de peso
  12. Desaceleração do metabolismo
  13. Pele seca e cabelos mais finos
  14. Diminuição da elasticidade da pele
  15. Dores de cabeça
  16. Aumento da porosidade dos ossos 
  17. Fadiga
  18. Incontinência urinária
  19. Falhas de memória
  20. Dificuldade de concentração

Para alívio dos sintomas é importante que a mulher consulte o seu ginecologista para buscar o melhor tratamento para esse período. 

O que é menopausa precoce?

A menopausa precoce é aquela que ocorre antes dos 40 anos de idade e acomete 1% das mulheres. 

A causa, em geral, é desconhecida, mas pode ser influenciada por fatores genéticos, doenças prévias que levaram à retirada do ovário, tratamentos como a radioterapia e a quimioterapia, ou doenças autoimunes.

O que é climatério?

O climatério representa o período de transição em que a mulher passa da fase reprodutiva (ciclo menstrual) para a fase de não-reprodutiva (pós-menopausa).

Assim, a menopausa é um evento que ocorre durante o climatério.

3 estágios da menopausa

O período da menopausa é caracterizado por três estágios

Pré-menopausa

Período no qual o corpo da mulher se prepara para não ser mais fértil, caracterizada pela redução da produção dos hormônios femininos, estrogênio e progesterona.

Ela é assintomática e representa o início da fase do climatério, que começa por volta dos 40 anos de idade, quando a mulher ainda menstrua, e dura, em média, de 6 a 8 anos.

Perimenopausa

Período que compreende a pré-menopausa, menopausa e o primeiro ano de pós-menopausa.

É nessa fase que se iniciam os primeiros sintomas do climatério – irregularidade menstrual, seguida de calores e alterações no sono e humor – e termina quando se completa um ano sem menstruação.

Pós-menopausa

A pós-menopausa se inicia um ano após a última menstruação e dura até o final da vida. Neste período, podem ocorrer osteoporose e um maior risco de doenças cardiovasculares.

Também é comum ocorrer a atrofia vaginal (ou vaginite atrófica), que causa secura no órgão e dores durante as relações sexuais. 

Como tratar a menopausa?

O tratamento da menopausa para reduzir os sintomas dessa fase podem incluir atividades simples de incluir na rotina da mulher, como praticar atividades físicas e uma alimentação saudável para uma boa saúde do corpo e da mente.

Para amenizar a secura vaginal que pode ocorrer neste período e causar dores nas relações sexuais a mulher pode recorrer ao uso de lubrificantes para essa região. 

Caso os sintomas tragam incômodo e prejuízos à qualidade de vida da mulher é possível recorrer a suplementação por vitaminas, reposição hormonal, ou medicamentos, como antidepressivos.

Normalmente, a terapia hormonal consiste na reposição dos hormônios estrogênio e progesterona no organismo feminino por via oral, pomadas, adesivos e cremes sobre a pele ou por via vaginal. 

O médico ginecologista é o profissional responsável pela indicação deste tratamento de forma individualizada para cada paciente. 

Existem exames para identificar a menopausa?

O diagnóstico da menopausa é clínico, quando a mulher encontra-se na faixa etária compatível e apresenta sintomas característicos, falhas no ciclo menstrual ou após a interrupção definitiva da menstruação.  

Além disso, o médico pode solicitar exame de sangue para verificar os hormônios folículo-estimulante (FSH), luteinizante (TH) e estimulante da tireoide (TSH).

O ginecologista também pode solicitar o exame de prolactina, ou outros que considere relevantes para confirmar o diagnóstico.

FSH (hormônio folículo-estimulante)

 Tem como função na mulher promover a maturação dos óvulos durante a idade fértil.

LH (hormônio luteinizante)

Responsável pela ovulação e produção de progesterona e relacionado com a capacidade reprodutiva da mulher.

TSH (hormônio tireoestimulante) 

É associado ao distireoidismo, sendo utilizado para investigar o desequilíbrio hormonal.

Prolactina

Responsável por estimular as glândulas mamárias e a produção de leite na amamentação. Também interfere na ovulação e ciclo menstrual. 

Agora que você já sabe mais sobre esse período tão importante na vida da mulher saiba mais sobre Reposição Hormonal.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter