Plano de saúde empresarial: guia completo para escolher o melhor para sua empresa

jeshoots-com-fzOITuS1DIQ-unsplash

Mesmo se tratando de um produto popular no Brasil, o plano de saúde empresarial possui diversas características e causa muitas dúvidas entre os empresários e responsáveis pela sua contratação dentro das empresas. Por isso, a Joll Consultoria irá responder uma série de dúvidas frequentes, para que vocês possam ter mais informações na hora de contratar o seu.

O que é plano de saúde empresarial?

 

É o plano de saúde que tem como contratante a empresa que possua CNPJ ou MEI.

Os planos empresariais podem se diferenciar pela quantidade de vidas que ele possui. Empresas até 29 vidas podem ter carências pré estabelecidas por lei. O que algumas operadoras fazem é reduzir parte das carências para quem já possui plano anterior. No entanto, é importante informar que parto (300 dias) e doenças pré-existentes (24 meses) são coberturas que dificilmente terão suas carências reduzidas.

Empresas acima de 30 vidas não podem ter carências por determinação da lei 9656/98. No entanto, há uma divisão entre essas empresas. Empresas de 30 vidas até 100 ou 200(em algumas operadoras), são consideradas de pequeno e médio porte e costumam ter seus preços diferentes para cada faixa etária. Além disso, na maioria das operadoras, o reajuste é feito com base no resultado do conjunto de pequenas e médias empresas chamado de “pool de empresas”.

As empresas com mais de 100 ou 200 vidas, possuem características diferentes como preço médio para todos os participantes por plano e reajuste com base no próprio resultado da empresa.

Na MEI o plano pode ser contratado desde que a empresa possua pelo menos 6 meses de criação. Já o CNPJ assim que criado, já pode contratar um plano de saúde empresarial.

Outra diferença entre elas é que o CNPJ pode ter diversos funcionários. A MEI possui uma característica mais familiar onde há o titular e seus dependentes.

Quais os benefícios de ter um plano de saúde empresarial?

 

A adesão de um plano de saúde empresarial traz benefícios não só para os funcionários, mas também para a corporação que adota estrategicamente esse tipo de benefício. Afinal, esse é um adicional que aproxima o colaborador da empresa e demonstra um cuidado genuíno do empregador com o empregado. Entre os benefícios de adotar estrategicamente um plano de saúde corporativo estão:

 

Redução de impostos para o empregador e o funcionário

É possível utilizar os incentivos fiscais na redução de impostos pagos pela empresa. Acrescentar as informações do benefício de saúde na declaração do imposto de renda, por exemplo, resulta em desconto direto para ambas as partes envolvidas.

 

Retenção de talentos

A facilidade no atendimento e a agilidade no desfrute desse benefício proporcionam maior sensação de segurança para o colaborador, afinal o medo de perecer à espera do atendimento público se encerra e o beneficiário tem um motivo a mais para permanecer na empresa e se dedicar, pois sente-se cuidado.

 

Estímulo para pequenas empresas

Cada vez mais pequenas empresas oferecem esse diferencial que as tornam tão atrativas quanto empresas de médio e grande porte. Inúmeros fatores pesam na escolha do colaborador, mas nenhum tem tanto impacto na sua decisão como a remuneração e benefícios de saúde e alimentação. Além disso, adotar um plano de saúde empresarial no início é um indicativo de uma empresa em crescimento que entende que crescer está associado à cuidar de seus funcionários.  

 

Mais econômico que aquisição do plano por adesão

Quando o beneficiário é vinculado à pessoa jurídica em função da classe, setor ou profissão, como profissões que oferecem sindicatos e ordens como a dos advogados e engenheiros, existe a possibilidade de aderir a um plano de saúde por adesão, entretanto, essa tática continua sendo menos vantajosa que o plano de saúde empresarial, porque o plano de saúde empresarial confere a possibilidade de um reajuste mais benéfico que o plano de saúde individual ou por adesão. 

 

Como funciona o reajuste do plano empresarial?

É completamente normal que os gestores tenham dúvidas quando o assunto é o reajuste do plano de saúde empresarial e o seu cálculo. Esse processo pode ocorrer de duas formas: um reajuste anual, no aniversário do contrato ou por faixa etária, quando o seu beneficiário migra para uma outra categoria, a partir dos critérios estabelecidos no contrato.

Os cálculos de índices irão variar de acordo com o número de vidas beneficiadas e você pode conferir o demonstrativo completo baixando o nosso ebook no final da leitura.

Quais são as coberturas obrigatórias no plano de saúde empresarial?

Existe uma gama de procedimentos de cobertura obrigatória estabelecidos pela ANS, que incluem exames, atendimento, cirurgias e mais. Todos foram definidos em 1999, quando entrou em vigor a Lei de Planos de Saúde (Lei 9.656/98) e são válidos para contratos realizados a partir desta data. Clique aqui para conferir a listagem oficial da cobertura definida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

 

Quais são os portes empresariais no plano de saúde?

O plano de saúde empresarial pode ser adotado para empresas que contabilizam ao menos 2 vidas em seu corpo de colaboradores. Existindo planos próprios para contemplar corporações que tenham a partir de 2 vidas ou a partir de 100 vidas, por exemplo.

 

Quais são os tipos de plano de saúde empresarial?

Existem inúmeros tipos de coberturas assistenciais e é muito importante estar atento sobre a cobertura da sua. A segmentação assistencial do seu plano engloba a composição de sua cobertura, cada segmentação detém uma série de procedimentos com cobertura obrigatória presente no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde definidos pela ANS. O seu plano pode ser: 

 

Plano Referência

Assegurado pela Lei n° 9.656/98, o Plano Referência provém assistência médico-ambulatorial e hospitalar com obstetrícia e acomodação em enfermaria. Assegura atendimento de urgência e emergência após 24h de sua contratação.

 

Cobertura Ambulatorial

Oferece consultas ilimitadas em ambulatórios e consultórios, assegurando exames e procedimentos ambulatoriais, até mesmo os realizados por clínicas e consultórios. Procedimentos especiais como hemodiálise, diálises, quimioterapias,hemoterapia e radioterapia. Assegura também procedimentos e atendimentos urgentes nas primeiras 12 horas.

 

Cobertura Hospitalar sem obstetrícia

Confere ao beneficiário o direito a internações ilimitadas, incluindo UTI, exames médicos e tratamentos como anestesia, salas cirúrgicas, quimioterapia, transfusões e materiais utilizados no período da internação.

 

Cobertura Hospitalar com obstetrícia

Além dos benefícios descritos na cobertura anterior, essa categoria ainda inclui exames de pré-natal, assistência no parto e ao bebê, mesmo se ele for adotado e garante também a possibilidade de adicionar o recém nascido como dependente no plano da mãe.

 

Cobertura saúde odontológica

Categoria voltada para o tratamento da saúde bucal que assegura exames odontológicos simples como endodontia, exames radiológicos, periodontia, cirurgias menores com anestesia local, atendimento de urgência e emergência.

 

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Contato