Tudo sobre plano de saúde para pequenas e médias empresas

plano de saúde para pequenas e médias empresas

Plano de saúde para pequenas e médias empresas (PMEs) é todo contrato de convênio médico para organização com CNPJ e que tenha pelo menos dois beneficiários. 

A grande vantagem desse tipo de plano é que eles costumam ser mais baratos do que os planos individuais e possuem diversas opções no mercado com boa relação custo-benefício.

Além disso, os planos para PME são um incentivo para a retenção de talentos, pois fazem com que a empresa seja mais atraente para novos funcionários.

Assim, eles se sentem motivados e se empenham para manter o emprego.

O que é plano de saúde para pequenas e médias empresas?

Plano de saúde para pequenas e médias empresas é feito para organizações com mais de duas vidas e até 99 vidas.

Algumas operadoras consideram que os planos PME contemplam até 29 vidas. A diferença entre os produtos diz respeito aos preços, carência e reajustes

Esse mínimo de dois beneficiários pode ser o titular do plano (dono da empresa), e um dependente (esposa ou filho), por exemplo. 

Não é necessário que os dois beneficiários sejam funcionários da empresa. 

Algumas operadoras também oferecem planos para MEI (microempreendedor individual).

A única exigência para contratá-lo é possuir um CNPJ cadastrado na Receita Federal. 

Para a contratação por MEI, é necessário que a empresa esteja aberta há no mínimo seis meses.

Como funciona o plano de saúde para pequenas e médias empresas?

O plano de saúde para PMEs funciona como qualquer outro plano empresarial.

É necessário ter CNPJ e oferecer o benefício para, pelo menos, duas pessoas. 

Os planos podem ter ou não a contribuição do funcionário, isto é, podem ser oferecidos integralmente pela empresa ou ter um percentual ou valor fixo na realização de cada procedimento, conhecido como coparticipação.

Qual a cobertura dos planos de saúde para pequenas e médias empresas?

A cobertura dos planos para PME deve obedecer à regra da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Assim, ela deve contemplar todas as consultas, exames e eventos do rol de procedimentos ANS

A regra é válida para todos convênios contratados a partir de 01 de janeiro de 1999, de acordo com a Lei 9656/98, ou para os planos adaptados à ela. 

Qual o melhor plano PME custo-benefício?

O melhor plano é aquele que atende a sua necessidade e a da sua empresa.

Há uma infinidade de opções de planos empresariais no mercado, que variam conforme o tipo de produto e a quantidade de beneficiários.

Planos para empresas com até 29 vidas costumam ter o preço tabelado na operadora. 

Isso significa que o reajuste anual é feito com base na sinistralidade de um grupo de empresas, que faz parte da carteira da seguradora. 

Sinistralidade é a relação entre a utilização do plano pelos beneficiários e os custos de mensalidade do grupo.

Baseada nela, a seguradora faz o cálculo do reajuste anual do valor da mensalidade. 

Também é comum que os beneficiários tenham que cumprir um prazo de carência.  

A carência aplicada pode ser de até 24 horas para atendimento em urgência e emergência a partir da assinatura do convênio, de até 300 dias para parto, 180 dias para as demais situações e 24 meses para doenças ou lesões preexistentes.

A aplicação de carência depende da negociação com a operadora e da análise do histórico médico dos beneficiários. 

 

O plano para PME tem reembolso?

Planos de saúde PME oferecem a opção de reembolso desde que a operadora de saúde contratada forneça o serviço, com condições previstas em contrato.

Como escolher o melhor plano para a minha empresa?

Primeiramente, você precisa estabelecer quais são os critérios relevantes para sua organização.

Considere os seguintes itens para fazer sua escolha:

  • Abrangência (local ou nacional);
  • Rede credenciada (quais são os hospitais, laboratórios e clínicas próximos à sua empresa);
  • Cobertura (exames, consultas, terapias e procedimentos relevantes conforme a condição de saúde dos funcionários e dependentes);
  • Preço da mensalidade e serviços adicionais, comparando desde os planos básicos até os mais completos;
  • Comparativo entre os planos com e sem coparticipação.

Além disso, você pode contar com a orientação de uma consultoria especializada

As corretoras de seguros especializadas em saúde conhecem os produtos e as diversas seguradoras do mercado. 

Assim, podem auxiliá-lo na escolha do melhor plano para a sua empresa, de acordo com seus critérios e necessidade.

Elas também podem ajudá-lo na gestão dos benefícios, absorvendo boa parte da rotina que seria realizada pelos gestores ou RH da sua organização. 

Agora que você já sabe o que levar em consideração para a contratação de um plano de saúde para sua empresa, que tal conhecer o conteúdo que preparamos para você. Plano de Saúde: 8 razões para contratar.  

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Inscreva-se na nossa Newsletter